Buscar
  • Hostel da Bruna

Carnaval no Rio de Janeiro: dicas pra você curtir a festa sem perrengues

Atualizado: Jan 14



Algumas atitudes simples podem garantir que você aproveite o melhor do carnaval carioca


Passar um carnaval no Rio de Janeiro é uma daquelas coisas que todo mundo tem que fazer antes de morrer, né?


Quem já curtiu os bloquinhos espalhados pela cidade sabe que a experiência pode ser incrível, mas os foliões de primeira viagem podem acabar caindo em algumas roubadas desnecessárias.


Por isso, resolvemos listar algumas dicas básicas para que você sobreviver aos dias de festa e evitar perrengues que podem atrapalhar a folia.


ACORDE CEDO…

gif

… ou não durma, se você for desses! O importante é você lembrar que o melhor do carnaval de rua no Rio de Janeiro é durante o dia, e bem cedo. Alguns blocos se concentram às 5h da manhã, outros às 7h. Você pode pensar que não vale a pena perder uma “noitada” no carnaval, mas basta pegar o primeiro bloco no sábado pela manhã para entender do que estamos falando.



SEM VERGONHA, VISTA SUA FANTASIA E ENTRE NA BRINCADEIRA

gif

Aqui vale de um tudo, a criatividade é sua maior arma. Não precisa ser muito elaborada, nem custar os olhos da cara. Improvise, faça um brainstorm com sua turma, quem sabe não pinta uma ideia de fantasia coletiva. Uma fantasia criativa e divertida é sempre um ótimo “puxador” de papo. Daí para conhecer um grupo de amigos que se junta ao seu e ver a galera aumentando é rapidinho.



VÁ DE METRÔ, ELE VAI FUNCIONAR 24 HORAS TODOS OS DIAS

gif

O Metrô Rio será um dos seus melhores parceiros nesse carnaval. A principal dica é comprar uma das opções de bilhetes pré-pago, pois assim você não pegará filas e poderá entrar por acessos que não estarão vendendo bilhetes. Pegar carro de aplicativo ou ônibus é uma grande furada, acredite!



PLANEJE-SE…

gif

Com centenas de blocos oficiais no calendário, são várias as possibilidades de você entrar em alguma roubada. O mais importante é saber em qual bloco você vai começar seu dia (bem cedo, só pra reforçar). Além disso, anote em algum lugar o nome dos outros blocos que te interessaram durante o dia.


MAS NEM TANTO Um pouco da magia do “brincar o carnaval” está em abraçar mudanças de rotas, de percurso, de planos. Alguns blocos mais “secretos” não comunicam quando, de onde e que horas vai sair o cortejo. A divulgação rola durante os outros blocos, no boca a boca mesmo. Então, nada de timidez. Se deu vontade de ir em algo que acabou de ouvir falar, vai dar uma olhada. Essas costumam ser as melhores descobertas.



NÃO SUBESTIME O CALOR CARIOCA

gif

Tomar água será uma atitude sábia, lembre-se disso. No meio da muvuca, dançando, acabamos esquecendo que nosso corpo está desidratando numa velocidade assustadora. Ainda mais para quem gosta de uma boa cervejinha gelada, o álcool acelera mais esse processo. Água, muita água. Combinado?



O SOL QUEIMA MESMO, SEM DÓ NEM PIEDADE

gif

“Ah, mas eu estou acostumado com sol, não uso protetor nem na praia”. Tudo bem, cada um sabe de si, mas não custa dar aquela caprichada no creme para se proteger. Durante os blocos acabamos esquecendo o quanto de tempo estamos expostos ao sol. Um chapéu também é sempre uma boa pedida, assim como aproveitar as sombras das árvores para evitar a exposição direta.



PREPARE-SE PARA ANDAR MUITO

gif

Na hora de escolher a fantasia uma coisa importante são os sapatos. Não necessariamente para saber se combinam com o resto do look, mas eles vão ser decisivos no estado dos seus pés depois de um dia inteiro de festa. Esqueçam o salto alto ou aquele “sapatinho lindo”, mas que “machuca um pouco”. No carnaval ele vai machucar muito, não tenha dúvida disso. O bom e velho tênis resolve o problema, quanto mais confortável melhor. Ninguém quer perder um dia de festas com os pés cheio de bolhas, né?



NÃO DÊ MOLE, FIQUE SEMPRE ATENTO ÀS SUAS COISAS

gif

Toda festa que concentra milhares de pessoas também atrai a atenção de quem está afim de umas carteiras e celulares de quem der mole. Claro que não é para ninguém ficar desesperado, em pânico, basta se precaver e guardar muito bem suas coisas que não terá problemas. Uma doleira, daquelas que vai por baixo da roupa, pode ser uma boa. Quem não tiver uma, os camelôs aqui vendem entre R$10 e R$20.

15 visualizações

Hostel da Bruna

Tel: +55 (21) 2541-5365
Cel (Whatsapp): +55 (21) 981154779
  • Facebook Social Icon
  • Instagram